10 modelos de e-mails para prospecção

Compartilhar no linkedin
LinkedIn 0
Compartilhar no facebook
Facebook 0
Compartilhar no twitter
Twitter

Embora as cold calls, as famosas ligações frias, ainda sejam responsáveis por grande parte da qualificação dos leads, a comunicação por e-mail segue crescendo em níveis altíssimos.

Os e-mails de prospecção surgem como uma forma de se apresentar a novas pessoas de maneira muito menos invasiva e agressiva.

Muitos dos leads com os quais a empresa entra em contato simplesmente não têm tempo ou a intenção de falar ao telefone com completos desconhecidos.

Já outros são de uma nova geração que prefere a comunicação digital ao invés do cold call, preferindo receber o contato através do e-mail ou até mesmo das redes sociais.

Entretanto, para quem deseja prospectar, o grande problema das redes sociais é a concorrência exagerada que existe entre você e todo um outro mundo de possibilidades bem à frente do seu lead.

Pois, ao mesmo tempo em que dá atenção a você, o cliente em potencial recebe diversas outras mensagens ou convites, perdendo o foco no seu produto ou serviço.

Logo, o e-mail aparece como um meio termo entre a extrema modernidade das redes sociais e o poder tradicional das cold calls.

Obviamente, é preciso fazer uma combinação entre os três meios de comunicação citados.

Pois dar atenção total a apenas um deles fará com que a sua empresa deixe muitos leads qualificados para trás pelo simples fato de não ter feito a abordagem através do meio mais adequado para aquela pessoa.

modelos de e-mails para prospecção 1

É provável que muitos já estejam pensando em como as taxas de respostas são mais baixas via e-mail em comparação com o telefone.

Entretanto, com o modelo de e-mail de prospecção correto, os números podem melhorar consideravelmente.

 

Veja abaixo 10 modelos de e-mails para a prospecção de clientes.

 

1 – E-mail introdutório

Esse modelo de e-mail trata de funcionar como o primeiro contato entre a sua empresa e o cliente.

Aqui o objetivo não é apresentar qualquer produto ou serviço ainda, mas sim apresentar a empresa e fazer com que o lead crie algum grau de conhecimento em relação ao trabalho desenvolvido pela sua companhia.

O relacionamento acaba de ser construído, então diga o seu nome, o nome da empresa, o ramo de atuação do seu negócio e apenas informações superficiais.

Se as coisas saírem como o esperado, é possível que você receba uma mensagem de retorno como resposta.

Se não receber, não desanime.

A taxa de resposta dos leads aumenta conforme aumenta o número de tentativas de contato.

Porém, a apresentação inicial já estará feita.

Programa de Aceleração em Prospecção 10

2 – E-mail relacionado a conselhos

Esse modelo de e-mails é particularmente interessante para empresas que atuam no comércio B2B, ou seja, vendendo para outras empresas.

Pois trata-se de enviar um e-mail em tom amistoso, citando o crescimento da outra marca e pedindo alguns conselhos de negócios a essa outra empresa.

Isso pode ajudar a estabelecer uma relação entre as duas companhias, iniciando o diálogo e facilitando a introdução de novas questões, como algum produto ou serviço que você pretende ofertar.

3 – E-mail “hard sell”

Talvez você não tenha coragem o suficiente para colocar o modo “hard sell” em ação pessoalmente ou através do telefone, mas por e-mail é muito mais acessível fazer isso.

Para quem não sabe, o modo hard sell nada mais é do que uma tentativa de vender um produto ou serviço rapidamente, em um espaço curto de tempo e sem qualquer contato prévio. Em resumo, é a tentativa de tentar vender de cara para um contato frio.

A taxa de resposta certamente não será muito alta nesse tipo de abordagem, mas certamente os leads que responderem estarão deixando bem claro o interesse no seu produto.

4 – E-mail relacionado a mídias sociais

Ainda que realizar toda a qualificação do lead através das mídias sociais seja tarefa árdua e pouco inteligente, como já mencionado, trazer ideias dessas mídias para o seu e-mail de prospecção já não é tão ruim.

Para unir os dois mundos e correlacionar as suas ações entre redes sociais e e-mail, há alguns passos a seguir.

Uma opção é enviar um pedido de amizade ou começar a seguir a pessoa na rede social, para logo em seguida mandar o e-mail contendo informações da sua empresa.

No e-mail, não esqueça de citar a rede social.

A estratégia se torna inviável em larga escala, mas funciona bem quando se trata de algum lead especial que merece mais atenção e dedicação que os outros.

modelos de e-mails para prospecção 2

 

5 – E-mail relacionado à dor do cliente

Nesse modelo de e-mail, o mais importante é abordar a dor do seu potencial cliente.

Ou seja, fale abertamente sobre os problemas que ele possui e dê ênfase em como tais problemas o prejudicam de várias formas diferentes.

Passada essa fase, mostre a ele como a sua empresa tem os melhores métodos e soluções para acabar com essa dor, colocando-se como solução.

Aguarde a resposta por parte do lead, que provavelmente acontecerá considerando a gravidade do problema exposto por você.

Em sequência, tente agendar uma ligação ou uma reunião para avançar com o lead no funil de vendas.

6 – E-mail relacionado ao blog

As empresas costumam contar com blogs para atingir cada vez mais clientes, de maneiras sempre diferentes.

Que tal aproveitar o tráfego no seu blog para conquistar novos leads? Para isso, antes de tudo é preciso publicar em quantidade razoável, como um ou dois textos a cada dois dias.

Ademais, a qualidade da publicação também possui grande importância, pois é a partir de um conteúdo interessante que o lead poderá ser impactado e, finalmente, motivado a comprar na sua empresa.

Faça uma tabela com o nome das pessoas que mais leem o blog.

Em seguida, veja quais assuntos mais interessam a cada pessoa.

A partir dessas informações, formule um e-mail citando o assunto de maior interesse da pessoa e faça um link com algum artigo já publicado.

Peça um feedback em relação à maneira como o assunto é abordado pelo seu blog e jogue a isca à espera de uma resposta. Se houver resposta, o contato já estará iniciado.

7 – E-mail “soft sell”

O modelo de e-mail “soft sell” é diametralmente oposto ao modelo “hard sell”.

Enquanto no modelo hard o objetivo é vender tão rápido quanto o possível, sem preocupações com a baixa taxa de conversão, no modelo soft o tempo será seu amigo.

Sua meta é deixar claro para o cliente potencial que a sua empresa possui todo o necessário para melhor atendê-lo e solucionar o problema vivido por ele.

Assim, o lead se sentirá valorizado como cliente e não apenas induzido a comprar de maneira compulsiva, valorizando também a sua marca e enxergando na sua companhia uma possibilidade de relacionamento de longo prazo.

O grande segredo do soft sell é deixar uma boa impressão para o cliente, ainda que leve algum tempo para que a venda final seja concretizada.

8 – E-mail de oportunidade

Vai estar próximo a algum cliente em potencial?

Está com uma oportunidade única que vai acabar em tempo limitado?

Então entre em contato por e-mail explicando ao lead como aquela é uma chance única de se encontrar com você ou de aproveitar a oferta que logo acabará.

Além de tocar no gatilho mental da escassez, que rapidamente faz o ser humano achar que aquela é a última chance da sua vida, você estará passando a mensagem de que não está pressionando-o pela compra do produto ou serviço, quando na verdade está.

Porém, seja leve nas palavras e não aja de forma desesperada ao redigir o e-mail, pois há o risco de o lead interpretar mal a sua mensagem nesse caso.

modelos de e-mails para prospecção 3

9 – E-mail aconselhador

Assim como é possível pedir conselhos para iniciar um diálogo por e-mail, também existe a possibilidade de oferecer conselhos gratuitos com o mesmo objetivo.

Faça uma breve introdução explicando em que área atua e como adquiriu os conhecimentos que possui, além de citar esses conhecimentos.

Em seguida, pergunte se há disponibilidade da outra parte em sair para tomar um café ou receber uma ligação, agendando assim o contato entre vocês.

Em meio à conversa, certamente haverá um momento adequado para introduzir o produto que oferta.

10 – E-mail relacionado à indicação

Usar uma pessoa para chegar a um terceiro indivíduo não é algo necessariamente novo no mundo das vendas.

Assim, a premissa do e-mail relacionado à indicação sugere exatamente isso.

Se há algum nome conhecido entre você e o seu lead, use-o a seu favor.

O simples fato de você citar algum conhecido do cliente em potencial já fará com que o diálogo seja mais ameno e pareça menos uma propaganda de vendas.

Diga algo como “notei que você trabalha com o Senhor X, que é um grande amigo.

Escutei coisas muito boas a seu respeito. Você teria um tempo para um café na próxima sexta-feira?

O Senhor X explicou a sua área de atuação, e logo percebi que você é a pessoa que estou procurando”.

Programa de Certificação para SDRs